RISCOS DA SITUAÇÃO ATUAL

  • Em algumas localidades já falta energia elétrica para sustentar o crescimento da economia regional.
  • Alta completixidade e dificuldades para investimentos em novas hidroelétricas.
  • Pela lei da oferta e procura: novos e constantes aumentos para os consumidores.

“Entre 2014 e 2017, a tarifa média dos consumidores residenciais acumula aumento médio de 31,5{c560284710a52c19ed3a092563f9f1d99c75cab81ef3ef82d9481bd5b905aada} no país e a estimativa é de que, ao final de 2018, chegue a 44{c560284710a52c19ed3a092563f9f1d99c75cab81ef3ef82d9481bd5b905aada}.”
Fonte G1: Acesso em 10/03/2018, https://g1.globo.com/economia/noticia/conta-de-luz-acumula-alta-media-de-315-entre-2014-e-2017-diz-estudo.ghtml

“Moradores de Teodoro Sampaio reclamam de aumento de até 100{c560284710a52c19ed3a092563f9f1d99c75cab81ef3ef82d9481bd5b905aada}.”
Fonte G1: Edição de Terça-feira, 05/02/2019, https://globoplay.globo.com/v/7357657/

Os aumento médio ponderado de energia da CEB foi:

  • Entre 2003 e 2018 =  07,55{c560284710a52c19ed3a092563f9f1d99c75cab81ef3ef82d9481bd5b905aada} ao ano.
  • Entre 2010 e 2018 =  13,13{c560284710a52c19ed3a092563f9f1d99c75cab81ef3ef82d9481bd5b905aada} ao ano.
  • Entre 2014 e 2018 =  17,64{c560284710a52c19ed3a092563f9f1d99c75cab81ef3ef82d9481bd5b905aada} ao ano.

O Cenário DF

Aumentos constantes na conta de luz no DF.

A imagem abaixo demonstra de forma clara a aceleração dos aumentos.

 

Entre em contato e receba mais detalhes!

 

Voltar

 

Formulário de Contato